Visto de Parceiro-Parthership Visa-Nova Zelandia

VISTO PAra PARCEIROs

E FILHOS

PARTNER VISA NOVA ZELANDIA

A seguir listamos algumas situações onde aplica-se a Categoria de Visto de Pareiros (Parner Visa e Filhos Dependentes)

PAGAMENTO

 

Visto de Parceiro (Partnership Visa) e Filhos Dependentes

Para acompanhar o principal aplicante na Nova Zelândia, o (a) parceiro (a) ou cônjuge e filhos dependentes podem aplicar para seus vistos. Caso queira entender quais os requisitos para definir o que a imigração considera como parceiro e filho dependente, clique aqui.

O visto correto a ser aplicado varia de acordo com cada caso, com explico nas opções a seguir:

1 - Titular de um Visto de Estudante (Partner of a Student Work Visa)

No cenário onde o aplicante principal for estudar um curso na Nova Zelândia, o cônjuge/parceiro dependente poderá aplicar para o visto de trabalho (partnership work visa) nas seguintes situações:

  • Bacharel, Diplomas nível 7 e pós-graduação nível 8 que estejam na lista de profissões em demanda (Long Term Shortage Skill List);

  • Qualquer programa de Mestrado Nível 9;

  • Qualquer programas de Dourado Nível 10.

O visto de trabalho de parceiro (a) emitido sob as condições listadas acima, oferece a possibilidade do (a) parceiro (a) trabalhar em qualquer empregador, em período integral, pois o visto de trabalho é aberto.

O visto de trabalho do parceiro terá a mesma duração do visto do aplicante principal.

Após o aplicante principal concluir o curso ele terá direito a aplicar para o visto de trabalho pós-estudo, que terá duração dependendo do curso que você estudou. O visto de trabalho do parceiro terá a mesma duração do visto de trabalho pós-estudo do aplicante principal. 

Escola Gratuita para Filhos Dependentes em Idade Escolar (5 a 19 anos)

Para que os filhos dependentes tenham o status de estudante doméstico e possam estudar gratuitamente na Nova Zelândia, é necessário que pelo menos um dos pais tenha um visto de trabalho, o que é possível de acordo com as explicações acima. Em resumo, se um dos pais estudar um dos cursos acima, o (a) parceiro (a), desde que atenda aos requisitos de relacionamento genuíno e estável, se torna elegível a aplicar para o visto de trabalho (partnership work visa), e a partir deste visto de trabalho, os filhos dependentes passam a ter o status de estudante doméstico. É um efeito cascada para toda a família.

Para crianças menores de 5 anos, o visto que deve ser aplicado é de turista dependente (dependent visitor visa). Crianças com idade entre 3 e 5 anos tem direito a 20hrs por semana de creche gratuita. 

Comprovação financeira para o cenário acima:

Em relação à comprovação financeira, segue abaixo:

  • Estudante: NZD$20.000 por ano de estudo + NZ$$2500 da passagem área. Por exemplo se o curso for de 18 meses, será apresentado o valor de NZD$30.000.

  • Partner com visto de trabalho aberto pelo mesmo tempo do visto do estudante principal: NZD$5.000 para todo o período do curso. Não é necessário apresentação de passagem aérea. 

  • Filho dependente (visto estudante doméstico): 30% do valor apresentado pelo aplicante principal + NZ$$2500 da passagem área.

  • Filho dependente (visto de turista - menor que 5 anos): NZD$9.000 por ano de visto + NZ$$2500 da passagem área.

 

Para o visto de trabalho pós estudo a comprovação financeira será da seguinte forma:

  1. Aplicante principal (visto de trabalho pós estudo): NZD$5.000 para todo o período do curso. Não é necessário apresentação de passagem aérea. 

  2. Partner com visto de trabalho: NZD$5.000 para todo o período do curso. Não é necessário apresentação de passagem aérea.

  3. Filho dependente (status estudante doméstico): NZD$9.000 por ano + + NZ$$2500 da passagem área.

 

Importante

Caso o curso não atenda as condições listadas acima, o parceiro poderá aplicar para um visto de turista (com base no relacionamento) ou seu próprio visto estudante, caso também queira estudar. Por exemplo, uma família com filho, o marido irá fazer um curso de mestrado com duração de 18 meses, mas não tem o nível de inglês necessário para ingressar diretamente no curso e terá que fazer um curso de inglês de 6 meses antes do mestrado. Durante o período de estudo de inglês o parceiro não poderá aplicar ainda para o visto partnership work visa e consequentemente o filho não poderá aplicar para o visto de estudante doméstico. Eles terão que aplicar para um visto de estudante internacional (student visa) ou turista (visitor visa). Quando o marido conseguir entrar no mestrado será possível aplicar para o visto de trabalho de parceiro (a) e para o visto de estudante doméstico para o filho. 

2 - Titular de um Visto de Trabalho (Partner of a Worker Work Visa)

Regras Validas até 12/2022

No cenário onde o aplicante principal tem um visto de trabalho Accredited Employer Work Visa, o parceiro dependente tem algumas possibilidades de vistos, como segue abaixo:

Salário igual ou acima de $27.76

Se o aplicante principal tiver um salário igual ou superior a NZD$27.76/hora, o parceiro poderá aplicar para o visto de trabalho com base no relacionamento. O visto de trabalho do parceiro será aberto e terá a mesma duração do visto do aplicante principal. Da mesma forma os filhos dependentes entre 5 e 19 anos, também poderão aplicar para o visto de estudante doméstico e os filhos menores de 5 anos poderão aplicar para o visto de turista (visitor visa).

Salário abaixo de $27.00

Se o aplicante principal tiver um salário inferior a NZD$27.00/hora, o parceiro terá direito ao visto de turista, e não ao visto de trabalho. No entanto, caso o parceiro receba uma oferta de trabalho também poderá aplicar para seu próprio visto de trabalho.

Já os filhos dependentes, com idade a partir de 5 anos, terão direito ao visto de estudante doméstico desde que o salário recebido atenda o mínimo exigido pela imigração que atualmente (2022) é de NZ$ 43.322,76 por ano. Para os filhos menores de 5 anos, é possível aplicar para o visto de turista dependente, pois ainda não estão em idade escolar.

 

Importante:

Quando ambos os pais possuem o Essential Skills Work Visa ou o Accredited Employer Work Visa, suas rendas podem ser combinadas para atingir o limite mínimo de salário anual (NZ$ 43.322,76) exigido pela imigração.

Novas Regras a Partir de Dezembro de 2022
O aplicante principal que receber o Accredited Employer Work Visa poderá ser o suporte para o parceiro dependente aplicar para o visto de trabalho aberto apenas nas seguintes condições:

  • Se o aplicante principal tiver seu trabalho na Green List  OU

  • Trabalhar em qualquer ocupação e receber  dobro do salário médio nacional (NZD$55.52).

 

O parceiro com visto de trabalho poderá trabalhar até 30hrs por semana.

Se o aplicante principal não atender a uma das opções acima, o parceiro dependente pode aplicar para o visto de turista dependente ou um outro visto por conta propria de acordo com suas necessidades. 

O que é um (a) Parceiro (a) Sob as Leis da Imigração da Nova Zelândia?

Um (a) parceiro (a) é definido como duas pessoas (de sexo oposto ou do mesmo sexo), que vivem em um relacionamento genuíno e estável em qualquer umas das seguintes situações:

  • Casamento legal;

  • União civil;

  • União estável.

 

Como a relação de parceria é avaliada?

A Imigração da Nova Zelândia leva em consideração os seguintes fatores para analisar a relação de parceria:

  • O tempo que vivem juntos como casal;

  • Como ambos se apoiam financeiramente e como compartilham as responsabilidades financeiras;

  • Bens ou imóveis que possuem conjuntamente;

  • Como é o comprometimento conjugal;

  • Se possuem filhos fruto da relação de ambos;

  • Se outras pessoas reconhecem o relacionamento.

 

Ambos os parceiros:

  • Devem ter 18 anos ou mais; ou

  • Se tiverem 16 ou 17 anos de idade, devem ter o consentimento de seus pais ou responsáveis para viverem como casal;

  • Não podem ser parentes próximos.

Precisa de suporte na sua aplicação do seu visto de partnership?

 
 

Quer conhecer todos os vistos para o casais e filhos?